Pequenos negócios têm prazo ampliado para implantação do e-Social

10 de outubro de 2018 as 16:15

Pequenos negócios optantes pelo Simples Nacional, que faturaram até R$3,6 milhões em 2016, terão mais tempo para aderirem ao sistema de envio de informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas dos empregadores, o e-Social.  A ampliação do prazo se deu após a aprovação de uma nova resolução do Comitê Gestor do e-Social.

De acordo com a nova determinação, a primeira fase da implantação do e-Social terá início no dia 10 de janeiro e terminará em abril do ano que vem, quando os empregadores deverão se cadastrar no novo sistema.

De abril a julho, as empresas deverão enviar informações sobre seus funcionários, como admissões, afastamentos e demissões. A partir de julho, a folha de pagamento dos empregados será obrigatoriamente gerada pelo novo sistema.