307 mil testes rápidos para diagnóstico de Zika começam a ser distribuídos na Bahia

Começou nesta quinta-feira (16) a distribuição de 307 mil testes rápidos para diagnóstico do vírus Zika na Bahia. Os testes devem estar disponíveis nas maternidades e nos laboratórios públicos do estado em até 15 dias.

A tecnologia do teste rápido permite que, em até 20 minutos, o paciente saiba se está infectado ou se já teve algum contato com o vírus Zika em algum momento da vida mesmo que não tenha apresentado sintomas. Até a criação do teste, o diagnóstico era feito com a detecção do vírus em exames laboratoriais, cujos resultados podiam levar semanas.

O teste rápido fornecido pelo Ministério da Saúde foi desenvolvido e produzido pelo laboratório público Bahiafarma, que obteve o primeiro registro da Anvisa. Ao todo, o Ministério da Saúde adquiriu 3,5 milhões de testes e fará a distribuição em toda a rede pública do país por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).