Suspeito de matar taxista se apresenta à Polícia e é liberado

18 de junho de 2019 as 8:14

Coletiva de imprensa foi realizada ontem a tarde

O suspeito de ter matado o taxita Paulo Santo, no dia 2 de fevereiro deste ano no bairro Campina Verde em Divinópolis, se apresentou ontem (18) à tarde na Delegacia Regional da Polícia Civil. O jovem de 19 anos é Natanael Zeferino Saldanha, morador do bairro São Roque.

Ele chegou acompanhado de um advogado e não foi preso, pois não havia flagrante. De acordo com informações do delegado que está acompanhando o caso, Vivalde Ferreira, durante depoimento, o jovem confessou o crime e disse ter usado crack naquela noite, antes de embarcar no taxi.

A partir de agora a denúncia será encaminhada ao poder judiciário.

 O taxista de 40 anos foi morto após um assalto no dia 2 de fevereiro de 2019, no Bairro Campina Verde. Na ocasião a vítima foi encontrada já sem vida e com uma perfuração do lado direito do pescoço.