Apenas 22 municípios do país têm cobertura adequada contra o HPV

Apenas 22 cidades, o equivalente a 1% dos 5.570 municípios brasileiros, têm 80% ou mais das meninas de 9 a 14 anos com esquema vacinal do HPV completo, ou seja, que tomaram as duas doses necessárias para que fiquem imunes ao vírus. As informações são da Agência Brasil.

Os dados foram divulgados pelos Ministérios da Saúde e da Educação. Em números absolutos, isso significa que 5,5 milhões de meninas não estão completamente protegidas. Segundo o Ministério da Saúde, 92,4% das meninas tomaram a primeira dose e 55% a segunda, garantindo a imunização.

Para reforçar a importância e tentar alcançar mais meninas, os ministérios reforçaram parceria e lançaram campanha publicitária e de conscientização. Além disso, haverá vacinação nas escolas. Serão distribuídas 10,5 milhões de doses contra o HPV para vacinar 8,3 milhões de meninas e meninos – incluídos este ano no esquema de vacinação.

A vacina só é efetiva se tem cobertura acima de 70% e se as duas doses são tomadas pelas meninas. A campanha será em escolas públicas e privadas. A ampliação da cobertura para garotos este ano inclui meninos de 12 e 13 anos. A faixa etária será ampliada até 2020, quando chegará a meninos de 9 a 13 anos.