NO AR:

0h às 4h


Ouça agora!
Baixe nosso Aplicativo


Baixa cobertura vacinal contra o sarampo em Minas preocupa autoridades de saúde




Uma doença altamente contagiosa, representa uma ameaça concreta para cerca de 40% da população de Minas Gerais. Ao mesmo tempo em que se anuncia que o Brasil está prestes a perder o certificado de país livre do sarampo, números das autoridades sanitárias indicam que são cerca de 8,5 milhões de pessoas sem imunização adequada em território mineiro, considerando a primeira e a segunda doses da vacina.

A perda iminente da certificação internacional está relacionada ao registro de um caso endêmico, em fevereiro deste ano, no estado do Pará, o que fez com que o alerta das autoridades sanitárias fosse ligado. Em Minas Gerais, há apenas um caso registrado neste ano, mas considerado importado. Mesmo assim, a preocupação de o vírus chegar ao território mineiro é real, diante da cobertura vacinal abaixo da meta.

A transmissão do sarampo pode ocorrer de uma pessoa a outra por meio de secreções expelidas ao tossir, falar, espirrar ou até na respiração. O contágio pode se dar ainda por dispersão de gotículas no ar, em ambientes fechados. Os principais sintomas são manchas avermelhadas em todo o corpo, febre alta, congestão nasal, tosse e olhos irritados, além de poder causar complicações graves, como encefalite, diarreia intensa, infecções de ouvido, pneumonia e até cegueira, sobretudo em crianças com problemas de nutrição e pacientes imunodeprimidos.

As doses das vacinas que protegem contra a doença são distribuídas gratuitamente o ano todo nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), mesmo assim, a cobertura está bem abaixo do necessário. O horário de atendimento dos postos de saúde em Divinópolis, é de 8h ás 17h. Já os Programas de Saúde da Família funcionam de 8h ás 16h.


Mais Notícias


Nossos Programas



Baixa a Aguia
Segunda Categoria
Super 8
Breaking News
Tarde Legal

Av. 21 de Abril, n° 360, Salas 101 e 102
Centro - Divinópolis/MG
Tel: 37 3229-9393