Biomédica Lorena Marcondes é presa pela Polícia Civil na região metropolitana de Belo Horizonte

A Polícia Civil informou na tarde desta sexta-feira (22), a prisão preventiva da biomédica Lorena Marcondes, de 34 anos.

Ela é investigada pela morte de uma paciente de 46 anos, após a realização de um procedimento estético, em uma clínica no centro de Divinópolis, em maio do ano passado. 

Segundo a Polícia Civil, o mandado judicial foi cumprido em um condomínio, na cidade de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Em outubro do ano passado, a Polícia Civil indiciou Lorena por homicídio qualificado e chegou a representar pela prisão preventiva da biomédica. O Ministério Público, após analisar o caso, também representou pela prisão preventiva e ofereceu denúncia contra a biomédica ao Judiciário. 

A prisão foi decretada na tarde da última quinta-feira (21) e cumprida nesta sexta-feira (22), pela Agência de Inteligência da Delegacia Regional de Divinópolis. Após os procedimentos de polícia judiciária, a investigada foi levada para o sistema prisional.

Receba as reportagens da Sucesso FM em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/FY6eiEhen390iLLOqJLg3H