Caixa atende no sábado por demanda de FGTS inativo

Simião Castro

No próximo sábado as agências da Caixa Econômica vão abrir para atendimentos ligados aos saques das contas inativas do FGTS. O primeiro grupo de trabalhadores a ter o saldo liberado para resgate sai já nesta sexta.

O expediente extra vai seguir por um sábado mensal até julho para atender à demanda de dúvidas, consultas e saques específicos, para quem não puder fazer as transações nos caixas eletrônicos.

Ao total, 43 bilhões e 600 milhões de reais serão injetados na economia com o principal objetivo do governo que é estimular ao consumo. Entretanto, o impacto da medida deverá ser mínimo na opinião do economista coordenador do Núcleo de Pesquisas Econômicas (Nupec) da Faced, Leandro Maia Fernandes.

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o nível de famílias endividadas no país em janeiro foi de 61,6%. Para Leandro, neste cenário a maior parte dos trabalhadores não vai usar o dinheiro para comprar coisas, mas para pagar dívidas. E é justamente este o conselho dele.

“Se você tem dívida, atrelada logicamente à taxa de juros, dê prioridade ao pagamento destas dívidas. A segunda opção é, se puder, direcione um pouco [do dinheiro do FGTS] para poupar. E, aquelas pessoas que não estão endividadas, já têm um nível de renda confortável, podem direcionar ao consumo sim”, orienta o economista.

Em abril as agências da Caixa não vão abrir no sábado porque o fim de semana definido coincide com o Sábado de Aleluia. Os atendimentos extra seguintes serão em 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.