Divinópolis atinge 52% da meta de vacinação contra HPV

21 de outubro de 2015 as 15:45
A campanha teve início em 16 de setembro. (Foto: Carla Sousa/Semusa)

A campanha teve início em 16 de setembro. (Foto: Carla Sousa/Semusa)

O Setor de Imunização da Diretoria de Vigilância em Saúde da Semusa, em Divinópolis, divulgou nesta quarta-feira (21) dados sobre a cobertura da vacina contra o HPV. 

Até o momento, 52% das adolescentes de 9 a 11 anos foram imunizadas, tendo atingido 2.449 meninas. A campanha teve início em 16 de setembro.

Os pais e responsáveis que ainda não tiveram suas filhas vacinadas devem procurar a unidade de saúde mais próxima para garantir a vacinação enquanto houver estoque disponível.

A doença

O HPV é um condiloma acuminado, conhecido também como verruga genital, crista de galo, figueira ou cavalo de crista, é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo Papilomavírus humano (HPV).

Atualmente, existem mais de 100 tipos de HPV – alguns deles podendo causar câncer, principalmente no colo do útero e do ânus. Entretanto, a infecção pelo HPV é muito comum e nem sempre resulta em câncer.

O exame de prevenção do câncer ginecológico, o Papanicolau, pode detectar alterações precoces no colo do útero e deve ser feito rotineiramente por todas as mulheres.

Causas

A principal forma de transmissão do vírus do HPV é pela via sexual. Para ocorrer o contágio, a pessoa infectada não precisa apresentar sintomas. Mas, quando a verruga é visível, o risco de transmissão é muito maior.

O uso da camisinha durante a relação sexual geralmente impede a transmissão do HPV, que também pode ser transmitido para o bebê durante o parto.

 

Administrador dos sistemas de gerenciamento da Brustin Creative Internet Agency