Divinópolis é 8ª cidade entre as 35 mineiras em ranking de sobrevivência de micro e pequenas empresas

​Minas Gerais está acima da média nacional na taxa de sobrevivência de micro e pequenas empresas. O estado alcançou 77,4% índice, cuja média no país é de 76,6%. Divinópolis também ultrapassou a faixa no estudo feito pelo Sebrae.

O município ficou entre as 35 cidades mineiras ​acima da média nacional, com a 8ª colocação no ranking. A taxa de sobrevivência é de 81,3% desse tipo de empresa na cidade. Na região, aparecem ainda Nova Serrana e Formiga​.​

A primeira do ranking nacional, no entanto, é Ouro Preto. De cada 100 empresas do município, 86 continuaram no mercado após os dois primeiros anos de existência. A pesquisa levantou as cidades que tiveram 500 ou mais empresas criadas em 2012 que permaneceram no mercado até 2014.

Para a ​coordenadora técnica da Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Ouro Preto (Adop), Jacqueline Guimarães, o aumento das taxas de sobrevivência do setor veio boa parte da contribuição dos ​Microempreendedores Individuais (MEIs). Ela diz que o ponto determinante para isso é a qualificação.

Segundo Jacqueline, para manter a saúde de um negócio é fundamental um bom planejamento. E, nesse sentido, ela aponta que conhecimentos de marketing e gestão financeira podem ser valiosos na hora de empreender.