Educação em Divinópolis para contra Reforma da Previdência

14 de junho de 2019 as 10:28

Parte dos servidores de escolas estaduais, municipais e instituições federais em Divinópolis aderiram à paralisação nacional nesta sexta-feira (14), em protesto a PEC 06/2019 que trata da reforma da Previdência.

A diretora de políticas sociais do Sindicatos Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Maria Catarina Laboré, confirmou que algumas escolas estão sem aula nesta sexta, porém, ainda não tem o balanço de quais instituições aderiram ao movimento.

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal do Município de Divinópolis (Sintemmd), Rodrigo Rodrigues, afirmou que, nesta quinta-feira (13), 25 escolas confirmaram a paralisação. Ele informou também que está apurando se mais instituições aderiram ao movimento nesta sexta-feira.

(UFSJ) – Campus Dona Lindu, informou que paralisou totalmente as atividades nesta sexta

(UFSJ) – Campus Dona Lindu, informou que paralisou totalmente as atividades nesta sexta (14).

Universidades

A direção da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) – Campus Dona Lindu, informou que paralisou totalmente as atividades nesta sexta. A entidade paralisou os serviços em protesto também o bloqueio de recursos na educação.

A Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) informou que após uma assembleia nesta quinta-feira (13), estudantes e professores decidiram aderir ao movimento. Entretanto, a assessoria de comunicação da instituição afirmou que a Universidade não interrompeu o seu funcionamento, e estará aberta durante todo o dia.

Fonte: G1