Em dois anos, número de formalizados mineiros cresceu 45%

Minas Gerais registrou aumento de 45% no número de Microempreendedores Individuais (MEI) nos últimos dois anos. De 2014 a 2016, o estado passou de 502 mil formalizados para 729 mil trabalhadores que faturaram até R$60 mil por ano. O balanço também mostra que o número de MEIs já é maior que o de micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional no estado.

O cenário econômico foi um dos fatores que pode ter contribuído para o aumento considerável do número de formalizados em todo país, que chegou a 6,6 milhões até dezembro de 2016.

As atividades que tiveram maior quantidade de MEI foram: comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (67.292), cabeleireiros (63.890) e obras de alvenaria (32.936), que juntas representam mais de 22% dos MEI no estado.

Os MEI são trabalhadores que faturam até R$60 mil por ano, não têm participação em outra empresa, têm até um empregado contratado e desempenham uma das 370 atividades permitidas. Além disso, fica isento de alguns impostos federais e paga um valor fixo mensal. A formalização gratuita e feita pelo site portaldoempreendedor.gov.br.

Fonte: Sebrae-MG