Escola é incendiada em suposto ato de vandalismo em Minas

A Perícia identificou indícios de incêndio criminoso

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma escola municipal no bairro São Cristóvão, em Pouso Alegre, no Sul de Minas, na noite dessa quarta-feira (5). A suspeita é que o fogo tenha começado após ato de vandalismo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio teve início por volta de 20h30. No local, os militares verificaram que o fogo estava concentrado no almoxarifado localizado aos fundos do refeitório, onde haviam materiais de limpeza e documentações de alunos (papéis, plásticos, etc). 

Os trabalhos de combate às chamas duraram cerca de 2h30 e foram gastos em torno de 8 mil litros de água. Os focos foram controlados antes de atingir a cozinha e o refeitório, onde havia risco de tomar maiores proporções devido a propagação para a central de gás (GLP).

Conforme os militares, a princípio, não houve danos estruturais no imóvel e ninguém se feriu.

Após os trabalhos dos bombeiros, a perícia da Polícia Civil (PCMG) foi acionada e identificou indícios de incêndio criminoso em ato de vandalismo.

Equipes da Polícia Militar (PMMG) e da Defesa Civil também prestaram apoio à ocorrência.