Estudo aponta soluções para o lixo do Centro-Oeste mineiro

A Secretaria Estadual de Cidades e de Integração Regional concluiu estudo que aponta as estratégias economicamente viáveis para o tratamento integrado de resíduos sólidos nos 12 municípios que integram o Consórcio Intermunicipal Multifinalitario do Centro Oeste Mineiro (Cimcom).

O trabalho foi entregue, nessa quarta-feira (25), aos prefeitos que puderam conhecer melhor a alternativa mais viável para a implementação dos empreendimentos que vai proporcionar uma correta destinação final de resíduos sólidos na região.

O levantamento feito, a partir da análise de viabilidade técnica, econômica, social e ambiental, indicou que a construção de um Aterro Sanitário Compartilhado em Itapecerica e de cinco Estações de Transbordo em Santo Antônio do Monte, Carmo do Cajuru, Pedra do Indaiá, Camacho e Oliveira é a melhor opção.

Com a definição da melhor solução pelo consórcio, será realizado, sob a coordenação da Secretaria de Cidades, um Estudo de Campo, que vai avaliar se a área escolhida está apta a receber o projeto.