Folha salarial do Cruzeiro subirá para R$ 17 milhões com contratações e clube terá aporte milionário até o fim do ano

Novo dono da SAF cruzeirense revelou que deve buscar mais dois ou três reforços no meio do ano

O Cruzeiro aumentará a folha salarial com as contratações na janela de transferência que será aberta em 10 de julho. O valor passará dos atuais R$ 12 milhões para R$ 17 milhões. “Esse ano vamos colocar lá um aporte. Aumentaremos a folha em R$ 5 milhões. A folha do Cruzeiro subirá para R$ 17 milhões após o aporte. Nós vamos tirar alguns para diminuir a folha. Mas, para o ano que vem, é em torno de uns 20 milhões”, revelou o empresário Pedro Lourenço, ao ‘CNN Esportes S/A’.

A folha salarial deve aumentar por alguns investimentos feitos no mercado. Um deles é a compra do meia Matheus Pereira, que pertence ao Al Hilal, da Arábia Saudita. O clube está nos detalhes finais para acertar a compra do camisa 10.

O clube também investiu nas contratações do goleiro Cássio, vindo do Corinthians e do atacante Kaio Jorge, que estava no Frosinone, emprestado pela Juventus, ambos os times da Itália. O empresário revelou que ainda busca mais dois ou três jogadores na janela do meio do ano.

O aporte para este ano deve ser utilizado para a manutenção do clube e pagamento de dívidas programadas. “Eu tenho que fazer um aporte de R$ 100 milhões para o time e as contas. O futebol, você compra, parcelado. Dentro desse ano, temos que colocar R$ 100 milhões. Além dos jogadores parcelados, e a gente vai pagando.