Homem é condenado a 18 anos e 9 meses por homicídio cometido há 12 anos em Nova Serrana

Crime aconteceu em 2012 e aconteceu após vítima reclamar de som alto do vizinho

Um homem de 34 anos foi a juri popular na última quinta-feira (16) por um crime cometido há quase 12 anos em Nova Serrana. Ele foi julgado por um homicídio registrado em junho de 2012, no bairro Novo Horizonte. Na época dos fatos, o homem foi apontado como um dos autores da morte um outro homem, de 23 anos, com 30 facadas.

A vítima e os acusados eram vizinhos. O crime aconteceu após a vítima acionar a PM para alertar os vizinhos sobre o som alto que o incomodava, já que a vítima trabalhava a noite e dormia durante o dia. Após o crime, os autores fugiram do local. o réu só foi preso em maio de 2023, em São Paulo. O segundo autor continua foragido.

O homem foi julgado por homicídio triplamente qualificado, com pela de 18 anos e 9 meses de prisão, incialmente em regime fechado. No entanto, a decisão cabe recurso. O advogado de defesa afirma que o autor não esfaqueou a vítima, e teria ido ao local para separar uma briga entre o amigo e a vítima.

Receba as reportagens da Sucesso FM em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/FY6eiEhen390iLLOqJLg3H