Homem é preso após viajar 200 km com a filha presa em porta-malas de carro

O caso pode ser classificado como abuso infantil pela Secretaria da Criança e do Adolescente (Senaf)

Um homem de 36 anos foi preso em Córdoba, na Argentina, após viajar 200 KM com a filha, de apenas 9 anos, presa no porta-malas do carro. A polícia local encontrou a menina enrolada na parte traseira ao fiscalizarem o veículo.

O homem é motorista e alegou para as autoridades que deixou a filha no porta-malas por não ter mais espaço nos bancos. O carro popular tinha outros quatro adultos e saiu de Ojo Seco, na província de Santiago del Estero, com destino a Córdoba.

Segundo o jornal argentino “La Nacion”, todos os adultos foram encaminhados para a delegacia. No local, o argentino também disse que “não tinha onde deixar” a filha.

O caso pode ser classificado como abuso infantil pela Secretaria da Criança e do Adolescente (Senaf) da Argentina. A mãe da criança demonstrou estar surpresa com a situação.

A garota foi examinada e não apresentou problemas de saúde mesmo após a viagem exaustiva em local inapropriado.

Crédito: O Tempo