Luana Piovani desabafa sobre saudade do filho e cita treta com Neymar

A atriz justificou que muitas coisas se acumularam na cabeça nos últimos dias em que viralizou pela briga com o jogador

Luana Piovani usou as redes sociais nesta quarta-feira (5) para desabafar sobre a saudade do filho mais velho, Dom, de 12 anos, que decidiu morar no Brasil com o pai, Pedro Scooby, e falou ainda sobre sua recente polêmica com Neymar e a PEC da privatização das praias.

“Uma vez, eu estava aos prantos por causa de um boy-lixo no aeroporto, e um rapaz se aproximou, deu-me um lenço de papel e disse: ‘Não chora, Luana. Menina bonita, não chora’. Mal sabia ele… Que alívio poder chorar em paz num aeroporto, foi o que fiz essa manhã. Chorei, chorei e chorei mais um pouco. Normalmente, essa válvula de escape é utilizada a cada 3 ou 4 dias. Mas como os últimos dias foram muito tumultuados, acho que deixei acumular”, disse a atriz em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram.

Piovani falou sobre a decisão do filho de se mudar para o Brasil e como tem lidado com isso, uma vez que ela mora em Portugal.

“Tem sido muito dificil estar longe do meu filho. Eu trabalho, durmo, vivo, movimento, mas aqui dentro não tem pedra sobre pedra. Mas é impressionante como a gente se adapta, coloca a dor numa prateleira mais alta e vai aprendendo a conviver com ela. Mas é so ter cinco minutos de paz que a criança lá de dentro grita: ‘quem matou meus cachorrinhos?'”, desabafou a loira.

A artista desabafou sobre a situação e revela não ter palavras para descrever esse o momento.

“Pra mim, é até dificil escrever a respeito. Não sei que adjetivos usar porque é uma mistura de tristeza, indignação, raiva, culpa e impotência. Resolvi compartilhar isso com vocês porque faz anos que tento desmistificar, através do meu exemplo, pessoas famosas. Acho justo que possamos chorar em paz. A fama não nos blinda da vida, que é cheia de som e fúria”, finalizou.