MEC vai procurar cursos e instituições com avaliação insuficiente

O Ministério da Educação vai procurar 775 cursos e 313 instituições de ensino superior que tiveram avaliação insuficiente em seus indicadores. A intenção é verificar as condições de ensino e propor medidas para melhorar a avaliação.

O Inep divulgou os resultados do Conceito Preliminar de Curso que avalia os cursos de graduação e do Índice Geral de Cursos, voltado para as instituições de ensino. Nessa edição, foram avaliados 8.121 cursos de 2.109 instituições de ensino.

Os indicadores levam em consideração o desempenho dos inscritos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), condições de ensino, infraestrutura, professores entre outras questões.

Os indicadores vão de 1 a 5, e os conceitos 1 e 2 são considerados insuficientes. Instituições e cursos que receberam conceitos insuficientes em duas avaliações seguidas poderão sofrer medidas cautelares, como ficar impedidas de realizar vestibular ou de abrir novas vagas. Em casos extremos, curso e instituição podem ser fechados.