Menos da metade dos municípios cumprem o piso dos professores

Menos da metade dos municípios e 18 estados declararam conseguir pagar em 2016 ao menos o mínimo estabelecido em lei aos professores de escolas públicas da educação básica de suas respectivas redes de ensino. Minas Gerais está entre os estados que alegam cumprir o pagamento do piso.

Os dados são de um levantamento feito pelo Ministério da Educação. Em 2017, todos os entes terão que arcar com um valor ainda maior. O salário dos professores passa a ter que ser de pelo menos R$2.298 para uma jornada de 40 horas semanais, o que representa um reajuste de 7,6% em relação ao ano passado.