NO AR:

0h às 4h


Ouça agora!
Baixe nosso Aplicativo


Mesmo notificada pelo Ministério Público Prefeitura ignora e permite superlotação nos ônibus coletivos




Comércio em pleno funcionamento neste sábado, véspera do dia dos pais. Movimento intenso nas lojas, com clientes aproveitando o dia de folga para a compra de presentes. Uma das datas mais esperadas pelos lojistas no ano, segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Divinópolis, CDL, Luiz Ângelo Gonçalves.

Apesar disso, o poder público faz vistas grossas para a necessidade do funcionamento normal do transporte coletivo e as empresas do Consórcio Transoeste ignoram a necessidade da população. Mesmo o protocolo de enfrentamento à Covid-19 não permitindo o funcionamento das lojas aos sábados, foi feita uma exceção, para fomentar as vendas e dar um alívio aos empresários, que tiveram seus negócios afetados, com o fechamento e posterior redução dos horários de funcionamento. O intenso movimento nas ruas não sensibilizou o poder público para a necessidade de reforçar de forma sensata e necessária o transporte coletivo.

Para esse dia, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, a Settrans, determinou o reforço de ônibus em algumas linhas. No entanto, insuficiente para atender à demanda.

Pelo protocolo, os ônibus estão permitidos de circular, com o uso obrigatório de máscaras e distanciamento mínimo de um metro entre passageiros. Mas não é isso que acontece. Várias denúncias chegaram à redação da Rádio Sucesso Fm, sobre veículos superlotados, com capacidade máxima e até o dobro do número de passageiros por ônibus.

O Promotor Público Ubiratan Domingues enviou ofício ao Prefeito Galileu Teixeira Machado, solicitando o retorno da frota total às ruas, já que as atividades no comércio e indústria foram retomadas, praticamente de forma normal. O ofício, no entanto, foi engavetado e ignorado pelo município. A Settrans, que gerencia o serviço na cidade, diz que fiscaliza o cumprimento dos horários nas linhas de ônibus. Pelas reclamações, no entanto, a espera por um veículo ultrapassa uma hora em determinados itinerários.

Em razão disso, fotos mostram a superlotação e aglomeração no interior dos ônibus, pontos de espera, exigindo paciência dos usuários, aumentando o risco de contágio pelo coronavírus.

Consultada sobre essas aglomerações, a Settrans se limitou a informar, que fiscaliza o cumprimento do protocolo. No entanto, nossa reportagem circulou pelas principais ruas centrais e nenhum agente da secretaria foi visto nessa fiscalização, o que resulta na inoperância e total descaso das empresas do Consórcio Transoeste.

Hoje o comércio funciona até as 16h30, mas o reforço anunciado pela Settrans em algumas linhas de ônibus será somente até às 13h30. 


Mais Notícias


Nossos Programas



Baixa a Aguia
Segunda Categoria
Super 8
Breaking News
Tarde Legal

Rua Pernambuco, 559 - 10º andar
Centro - Divinópolis/MG
Tel: 37 3229-9393