Nova Serrana apresenta índice de alto risco de epidemia de dengue

A Secretaria de Saúde de Nova Serrana realizou o primeiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2017. A pesquisa foi realizada em 20% dos domicílios de todos os bairros do município e apontou índice de infestação de 5,4%, considerado de alto risco de epidemia.

Segundo o relatório final do LIRAa, a maior concentração de focos do mosquito Aedes Aegypti (45,7%), foi encontrada em locais chamados de Depósitos Fixos: tambor, ralinhos de banheiros, latas, lajes, calhas e tanques.

O índice de 5,4% está muito acima do tolerado pelo Ministério da Saúde, que é de 1%, e coloca Nova Serrana na lista dos municípios de Alto Risco de Infestação. O resultado também concluiu que todos os bairros do município estão em risco de possível epidemia.

No último ano, Nova Serrana registrou 2.242 casos de Dengue, um caso de Chikungunya, 11 casos de Zika Vírus e duas crianças estão sob investigação com diagnóstico de microcefalia.