Polícia prende suspeitos de integrarem quadrilha de roubo de gado

Guilherme Amaral

Três homens foram presos nesta sexta-feira (13), durante uma operação conjunta realizada pela Polícia Militar de Cláudio e a Polícia Civil de Pitangui. Eles são suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em furto e roubo de gado.

Em cinco de janeiro, foram furtados 30 animais da raça Girolando, em uma propriedade em Cláudio. Na ocasião, todas as porteiras do curral estavam trancadas com correntes e cadeados e foram quebradas pelos suspeitos. No dia oito, outros 35 animais foram furtados. Foram levantadas filmagens e verificado que os suspeitos utilizaram dois caminhões grandes, um azul e outro branco, e uma picape Saveiro, cor branca, na cobertura.

Na quinta-feira (12), foram obtidas informações de que parte do gado furtado em Cláudio haviam sido comprados por três homens, de 34, 55 e 29 anos, sendo entregues e mantidos no terreno de um deles. Foi reportado também, que na cidade de Luz, ocorreu um assalto a uma fazenda, onde os suspeitos fizeram um caseiro de refém e roubaram diversos materiais, três armas de fogo e diversas cabeças de gado.

Uma equipe da PM de Cláudio foi até Pitangui para planejar e executar a operação com a Polícia Civil. Em diligências conjuntas, em um terreno de um dos suspeitos, localizado no povoado Rio do Peixe, foram recuperados 30 animais roubados em Luz.  Em outro terreno, foram recuperadas 33 cabeças de gado da vítima de Cláudio.

Três suspeitos foram presos e autuados na delegacia de Pitangui. Na operação ainda foram apreendidas duas armas de fogo, 20 munições intactas, outros materiais como pistola de chumbinho, cheques e celulares.