Prefeitura vai promover estudo técnico sobre o contrato com a Copasa

O Procurador Geral do Município de Divinópolis, Wendel Santos de Oliveira, falou nesta quinta-feira (2) sobre a revogação do decreto 12.375. Ele confirmou um estudo técnico para rever o decreto sobre a prorrogação do contrato da Copasa.

Wendel destacou que a atual gestão quer esclarecer a situação dos prazos concedidos.

– A postura do prefeito Galileu Machado é de esclarecer a situação, principalmente no aspecto técnico. Se são plausível os prazos concedidos. A administração atual quer somente esclarecer a situação. Neste estudo técnico visa apurar quais os prazos necessários para cumprimento do contrato e estabelecer um instrumento próprio se for o caso um aditamento das cláusulas contratuais. Entendemos que o decreto não é um instrumento adequado para promover uma modificação – explicou.

Segundo técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, é possível fazer uma analise em 30 dias.

Nesta quinta-feira (2), o Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, revogou o decreto acerca do contrato da Copasa. Além de revogar o anterior, o novo decreto 12.515 estabelece reanálise do cronograma de obras das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs).

Fonte: Prefeitura de Divinópolis