Prefeitura vai revogar decreto da Copasa

Simião Castro

A Prefeitura de Divinópolis vai revogar o decreto que dava mais dez anos para a Copasa concluir as obras de saneamento na cidade. Foi publicado hoje (2) no DIário Oficial dos Municípios um ato que volta atrás na definição, uma das últimas ações do ex-prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) à frente do Executivo no ano passado.

A publicação, entretanto, ainda terá que passar por correção. A Prefeitura confirmou à Rádio Sucesso que o número do decreto que aparece no texto publicado hoje está com um dígito errado. A correção deve sair amanhã no Diário Oficial.

O decreto editado por Vladimir tem data de 26 de dezembro de 2016, mas considerava que passaria a valer em 2 de janeiro, já sob mandato da atual gestão. Este é um dos motivos apontados pelo prefeito Galileu Machado (PMDB) para cancelar o ato e pedir reanálise do contrato.