Regras contra gripe aviária se tornam mais rígidas

Para evitar a contaminação por gripe aviária, os produtores de aves do país terão de seguir novas normas de prevenção editadas pelo Ministério da Agricultura. O prazo para adequação às regras é de um ano.

Entre as medidas que deverão ser tomadas está a instalação de telas, isolando os animais criados de outras aves silvestres em todos os locais de produção. Os criadores terão ainda de instalar arcos de desinfecção – equipamentos que fazem a descontaminação de veículos que transitam nas propriedades –, e fornecer apenas água tratada com cloro para os animais. Segundo o ministério, parte dos criadores brasileiros já trabalha com o modelo previsto nas novas normas.