NO AR:

08h às 12h


Ouça agora!
Baixe nosso Aplicativo


Saiba como foi a estreia dos árbitros brasileiros na Copa do Mundo




Pela primeira vez na história das copas do mundo, o Brasil teve dois árbitros representando o país em uma Copa do Mundo. Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio são os dois árbitros brasileiros na Copa do Mundo 2022. E coincidentemente, ambos estrearam nesta segunda-feira nos jogos entre Inglaterra 6×2 Irã e Senegal 0 x 2 Holanda.

O primeiro a estrear foi Raphael Claus. O árbitro de 43 anos, que faz parte do quadro FIFA desde 2015 trabalhou na goleada por 6 a 2 da Inglaterra sobre o Irã e teve muito trabalho. A partida apitada por Claus entrou para a história pelos acréscimos mais longos da história dos Mundiais. Foram 14 minutos de acréscimo no primeiro tempo e outros 13 minutos no segundo tempo. Além de se tornar a partida com maior tempo de acréscimo total: 27 minutos e 16 segundos, os recordes de cada um dos tempos foram quebrados na partida.

Entretanto, os acréscimos generosos tem uma explicação. No primeiro tempo, o goleiro iraniano Alireza Beiranvand se chocou com o companheiro de equipe e ficou com o nariz sangrando. Com suspeita de concussão, o arqueiro ficou muito tempo caído, chegou a trocar de roupa para voltar à partida, mas foi substituído. O goleiro saiu do campo de maca. Já no segundo tempo, além das substituições (cinco em cada time), a queda de um jogador do Irã com câimbras e a grande quantidade de gols e revisões fez com que a partida ficasse parada por alguns minutos.

Outra marca importante do jogo foi estabelecida pelo centroavante iraniano Mehdi Taremi, que marcou o gol mais tardio da história das copas do mundo, aos 53 minutos de jogo (sem contar os jogos com prorrogação).

Já o árbitro Wilton Pereira Sampaio teve atuação mais discreta em sua estreia, na partida entre Senegal e Holanda. A partida não teve lances polêmicos ou intervenções do VAR. No entanto, os acréscimos também chamaram a atenção nesta partida. No primeiro tempo, Wilton deu os tradicionais dois minutos de acréscimo. Já nos segundo tempo, Sampaio seguiu os passos de Claus e deu nove minutos de acréscimo. Neste períoo, a Holanda marcou o segundo gol, anotado pelo meia Klaasen.

Além de Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio, também estão no Catar representando a arbitragem brasileira os assistentes Bruno Pires, Danilo Manis, Bruno Boschila, Rodrigo Figueiredo e Neuza Back.

Receba as reportagens da Sucesso FM em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F3tyPwbXiNPH7QMqKpGv06


Mais Notícias


Nossos Programas



Super 8
Breaking News
Tarde Legal

Av. 21 de Abril, n° 360, Salas 101 e 102
Centro - Divinópolis/MG
Tel: 37 3229-9393