Secretaria de Saúde reforça importância da atualização do cartão de vacinas

O início do ano é uma época em que muitas pessoas tiram para viajar e descansar. No entanto, para que os passeios ocorram sem nenhum problema, é necessário estar com a caderneta de imunização em dia, prevenindo-se assim, contra diversas doenças.

O cartão de vacinação é um documento indispensável durante o desenvolvimento de uma criança. No entanto, após os 15 anos, ao terminar o calendário oficial de vacinação, atualmente composto por 14 vacinas, muitas pessoas se esquecem de que devem continuar a ser imunizadas contra uma série de doenças. Além disso, manter o cartão de imunização em dia é indispensável para ter controle sobre as vacinas que já foram aplicadas e as que necessitam ser administradas.

A falta de algumas vacinas ou de sua comprovação pode impedir viagens internacionais ou destinos para áreas endêmicas. A vacina contra febre amarela, por exemplo, deve ser administrada pelo menos dez dias antes da viagem para aqueles que nunca se vacinaram anteriormente.