Semusa informa atualização do Calendário Vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis, através da Central de Imunização, divulgou nesta quinta-feira (16) a atualização do Calendário Nacional de Vacinação para 2017. Foram promovidas algumas alterações e a divulgação se faz necessária, principalmente, referentes às vacinas Hepatite A e Varicela, uma vez que têm limite máximo de idade e as famílias devem ficar atentas para as crianças não perderem a oportunidade de se imunizarem.

Mudanças no Calendário 2017

Varicela: a vacinação foi ampliada para crianças com 2 anos de idade a 4 anos 11 meses e 29 dias que não receberam a vacina entre 15 meses a 23 meses e 29 dias no SUS. A efetividade de uma dose para prevenção da doença é de 80% para qualquer gravidade e 90% para varicela grave.

Hepatite A: foi ampliada para crianças com 2 anos de idade a 4 anos 11 meses e 29 dias que não receberam nenhuma dose da vacina entre 15 meses a 23 meses e 29 dias, seja no serviço público ou serviço privado. A vacinação com 01 dose promove o controle da incidência da doença, principalmente em creches e instituições assemelhadas, e proteção da população geral.

HPV: a vacinação já foi ampliada para a população masculina de 12 a 13 anos; são vacinados também homens convivendo com HIV, de 9 a 26 anos, mediante prescrição médica ou encaminhamento do enfermeiro do SAE; meninas de 9 a 14 anos, 11 meses e 29 dias (ainda não vacinadas). Observação: As meninas que completaram 14 anos de idade e não receberam nenhuma dose da vacina, poderão iniciar esquema desde que iniciem até 14 anos 05 meses e 29 dias. As adolescentes e jovens que estão com a segunda dose em atraso deverão procurar uma unidade de saúde e fazer a atualização.

Meningocócica C conjugada: vacinação introduzida para Adolescentes de 12 e 13 anos de ambos os sexos.

Tríplice viral: Pessoas de 12 meses até 29 anos de idade devem ter 2 doses da vacina na vida, devido à necessidade de correção da falha vacinal neste grupo (20 a 29 anos) e a surtos de caxumba em adolescentes e adultos jovens nesta faixa etária.

DTpa (Tríplice bacteriana acelular para adulto): Foi antecipada a dose de toda gestante para ser feita a partir da 20ª semana de gestação. Mulheres que não receberam esta vacina na gestação, devem fazê-lo no puerpério o mais precoce possível (evitar o adoecimento da mãe).